5 destinos exóticos para explorar

11 de outubro de 2019

É muito legal viajar para Londres, Paris, New York, Dubai e outras metrópoles pelo mundo a fim de visitar museus, fazer compras, passear, comer em restaurantes estrelados e se atualizar sobre tendências. Só que algumas vezes você não sente vontade de desbravar lugares fora dos holofotes das massas?

Fizemos uma listinha com 5 destinos exóticos que a gente acredita que os 60+ tem grande chance de amar. Simplesmente porque trazem experiências novas, inesquecíveis e nada óbvias. Confira e se inspire =)

1. Os cinematográficos lagos de Plitvice

Destinos exóticos lagos de Plitvice 60 mais

Ultimamente é até comum ouvir brasileiros falando que viajaram para a Croácia em busca das magníficas praias e centenas de ilhas cercadas pelas águas azuis do Mar Adriático. No entanto, são poucos aqueles que visitam o interior do país. É a 135 km da capital Zagreb, onde fica o Parque Nacional dos Lagos de Plitvice, um dos lugares mais lindos do planeta.
São quase 300 km quadrados, onde a paisagem exuberante é composta por dezesseis lagos de águas turquesas, colados uns aos outros em alturas diferentes, criando mais de 96 cachoeiras entre os belíssimos lagos, envolvidos por uma flora abundante e paisagens raras que, em alguns momentos lembram o cenário do filme Avatar. Para saber mais sobre hospedagem, tickets para o parque e muitos mais, o site oficial do Plitvice traz várias informações.

 

2. A natureza selvagem de Kodiak

Destinos exóticos Kodiak 60 mais

Por ser uma das regiões mais intocadas e remotas do planeta, o Alasca desperta a curiosidade e faz parte dos roteiros de viagem menos óbvios. Separado pelo Estreito de Shelikof, o Arquipélago de Kodiak, também conhecido como “Ilha Esmeralda”, tem paisagens de tirar o fôlego, com lagos e montanhas verdes, abundante vida animal, incluindo os Ursos de Kodiak que vivem na região. Por causa da mistura dos povos indígenas, americanos e russos (o local já fez parte do Império Russo), o lugar tem uma cultura única. Na cidade de Kodiak, você poderá conhecer mais sobre o povo alutiiq, um dos primeiros habitantes da região, no Museu Alutiiq.

Destinos exóticos Alasca 60 mais

Para explorar a natureza, é possível fazer um voo de avião ou contratar um motorista especializado e viajar pelas florestas para avistar ursos marrons e outros animais. O ideal é visitar Kodiak no verão, quando as temperaturas são mais amenas, já que no inverno os termômetros podem chegar em -30°C. De novembro a fevereiro, faz muito frio na região. Portanto, vá nessa época apenas se tiver como foco avistar a aurora boreal.

 

3. Um rolê pela Riviera Russa

Destinos exóticos Riviera Russa 60 mais

A “Riviera Russa” é um daqueles lugares lindos que pouca gente conhece. Situada no litoral ucraniano do Mar Negro, na península da Crimeia, a região lembra o Mediterrâneo por causa do mar azul e tipos de encostas. No passado, fez parte de grandes impérios (romanos e gregos) e suas influências podem ser vistas até hoje em fortalezas e locais históricos. Os enormes e altíssimos desfiladeiros rochosos oferecem aos turistas vistas incríveis.

Viagens exóticas Crimeia 60 mais

Apesar da tensão entre a Rússia e o mundo ocidental, a Crimeia continua atraindo viajantes, especialmente os europeus por causa dos bons preços e a beleza da Riviera da Europa Oriental. Ao planejar uma viagem para lá, é crucial acompanhar as notícias políticas da Rússia, Crimeia e Ucrânia e, claro, contratar uma assessoria especializada que conheça a região muito bem.

 

4. No deserto de Uluru

Destinos exóticos Uluru 60 maisSituado no Uluru-Kata Tjuta National Park, na região da Austrália Central, Uluru é um imenso monolito de arenito se eleva a mais de 300 metros sobre o chão, como se fosse uma ilha no meio do deserto. Considerada sagrada e moldada por espíritos ancestrais, a rocha tem coloração variável de iluminação em diferentes horas do dia e do ano, apresentando no pôr-do-sol uma visão impressionante. O local é sagrado aos aborígenes e tem inúmeras fendas, cisternas (poços com água), cavernas rochosas e pinturas antigas. Reza a lenda que muitos turistas que levaram para casa um pedaço do Monte Uluru devolveram a lembrança alegando que a mesma trouxe azar. O parque nacional australiano, responsável pela administração do monte, diz receber pacotes de várias partes do mundo, com amostras do Uluru e pedidos de desculpas.

Além da montanha, é possível visitar no parque impressionantes formações rochosas que estão sobre uma enorme planície arenosa e vermelha. Entre essas formações, se destaca a Kata Tjuta, com cavernas que exibem pinturas rupestres.

 

5. Viagem ao pequeno reino do Butão

O Butão é um país que fica no leste do Himalaia, cercado de montanhas por todos os lados. O povo do Butão valoriza fortemente o ensino do budismo: “Todas as formas de vida consciente, não apenas a vida humana, são preciosas”. Conhecido por seus mosteiros, suas fortalezas (ou dzongs) e suas paisagens impressionantes – que incluem desde planícies até montanhas íngremes – o Butão é um lugar de pessoas simples. A maioria vive no campo e trabalha na terra. É um país que viveu isolado durante séculos. Só há cerca de 60 anos é que o Butão começou a ter contato com o resto do mundo.

Por ser um país surpreendentemente rigoroso com o volume de turistas e suas políticas de desenvolvimento, o Butão consegue preservar sua forte cultura budista e modo de vida. Além disso, o país só libera visto para quem contratou o pacote previamente e só é possível rodar por lá com guias locais. Mesmo com toda essa burocracia (com motivos justos!).” o Butão é um lugar interessante para visitar, porque, além de ser intocado, oferece uma nova forma de enxergar o mundo e a vida.

MANIFESTO 60+

A VIDA NÃO TEM HORA, PURA VERDADE,
TEM SÓ VONTADE DE ACONTECER,
SESSENTA MAIS, CELEBRE A IDADE
E A VONTADE DENTRO DE VOCÊ.

QUEM ACREDITA NA LONGEVIDADE,
NÃO VÊ NA VIDA LIMITAÇÃO,
VIVE A TAL DA FELICIDADE
E A CAPACIDADE DE REINVENÇÃO

NÃO SE TRATA DA DATA DE NASCIMENTO,
E NEM DAS MARCAS NA SUA MÃO.
O QUE IMPORTA AQUI É O SEU PENSAMENTO.

É SOBRE VOAR COM PÉS NO CHÃO,
SEM LIGAR PARA OS CAPRICHOS DO TEMPO.
É SOBRE SER LEVE, SER INSPIRAÇÃO.

VIVER BEM NÃO SE TRATA DA IDADE QUE TEMOS, MAS DO QUANTO SOMOS APAIXONADOS PELA VIDA.

Foi com esse pensamento que criamos o 60+, um portal que celebra a vida e traz curiosidades, dicas e novas possibilidades para ajudar você a se reinventar para viver a longevidade em toda a sua plenitude. Um novo olhar para mostrar que nossos limites, muitas vezes, não são impostos pela idade, mas pelos nossos próprios pensamentos. Queremos que este portal seja um cantinho aconchegante para se inspirar, compartilhar ideias e ficar por dentro de todas as incríveis possibilidades que a vida pode oferecer nesse momento.

POR QUE EXISTIMOS.

Nossa missão é apresentar aos 60+ um novo olhar sobre a vida, por meio de curiosidades, dicas de eventos, viagens, saúde e outras informações. Queremos incentivar você a se reinventar por meio de novas experiências para desfrutar uma longevidade feliz, explorando muito mais as possibilidades que os limites.

ONDE QUEREMOS CHEGAR?

Queremos ser a principal referência de conteúdo para os 60+, nos tornando responsáveis por uma mudança de comportamento positiva, que traga muito mais qualidade para a sua longevidade.

QUAIS SÃO OS NOSSOS VALORES?

Respeito, amor, compreensão, colaboração, honestidade. Acreditamos que valores não têm idade. Em tudo que fazemos, procuramos seguir a seguinte filosofia: nos tornamos aquilo que acreditamos, somos frutos de nossas ações e é a vontade de viver que temos em nossos corações que realmente importa.

POLÍTICA DE PRIVACIDADE | © 2019 – 60MAIS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.