5 livros de autoras que você precisa conhecer

12 de novembro de 2018

Com as temperaturas aumentando, festas e viagens de final de ano se aproximando, nada melhor que programar as leituras da temporada. Então, que tal ler livros escritos por mulheres? Ao longo da história da literatura, as autoras muitas vezes tiveram menos destaque e publicidade em suas obras devido aos contextos sociais em que viviam. Muitas inclusive utilizavam pseudônimos masculinos para serem publicadas e mais reconhecidas, como as irmãs Brontë. Atualmente temos nomes femininos despontando, sendo premiados e bastante reconhecidos na literatura mundial. Por isso, separamos cinco livros de mulheres que você precisa conhecer:

PARA CONHECER POESIAS CONTEMPORÂNEAS E ORIGINAIS: RUPI KAUR

Rupi Kaur tem apenas 26 anos e já publicou dois livros com suas poesias. Ela alcançou grande reconhecimento através do Instagram, onde publica seus escritos e declama poemas em vídeos. Indiana radicada no Canadá, teve seu livro de estreia, “Outros Jeitos de Usar a Boca”, na lista de mais vendidos do jornal “The New York Times” por mais de 40 semanas. Com isso, tornou-se um dos maiores fenômenos da literatura atual nos Estados Unidos. “O Que o Sol Faz com as Flores”,  sua 2aobra publicada no Brasil em 2018, é estruturada em cinco partes: murchar, cair, enraizar, crescer e florescer.  Assim, a autora propõe reflexões sobre cura, amadurecimento, raízes e pertencimento. Não espere pelas estruturas poéticas clássicas. Kaur descontrói as palavras e organiza suas frases livremente, motivada pelas mudanças de sua própria vida e sentimentos.

PARA LER CONTOS SEDUTORES SOBRE A EXISTÊNCIA HUMANA: ALICE MUNRO

Das 47 pessoas laureadas com o prêmio Nobel de Literatura, apenas 8 foram mulheres. Alice Munro é uma delas e a primeira especialista em contos a ser premiada. A canadense é fundadora da livraria mais famosa de seu país e a sugestão para começar a conhecer sua extensa obra é o livro “O Amor de Uma Boa Mulher”,vencedor do National Book Critics Circle Award de 1998. Seus contos são protagonizados por personagens femininas complexas de todas as idades. Abordam as dificuldades da busca pelo amor e pela liberdade, as relações familiares, a insegurança perante os sentimentos e a passagem do tempo. Tudo isso em universos psíquicos elaborados em poucas páginas e com uma linguagem simples e acessível.

PARA LER ENSAIOS SOBRE PRODUÇÃO CULTURAL: ANA CRISTINA CESAR

A carioca Ana Cristina Cesar tem seu nome vinculado ao movimento da Poesia Marginal, sendo uma das principais representantes do movimento da década de 1970. Sabia conjugar em seus textos o popular com a alta literatura, o masculino e o feminino, o particular e o universal. Foi poeta, jornalista, tradutora e crítica literária. E, apesar de ter alcançado maior renome pela primeira atividade, a indicação aqui é o livro “Crítica e Tradução”, lançado em 2016. O livro reúne artigos e ensaios de Ana sobre poesia, ficção e cinema, temas sobre os quais tinha muito interesse e propriedade para analisar.

PARA LER UM ROMANCE COM CRÍTICA SOCIAL: CHIMAMANDA NGOZI ADICHIE

Chimamanda Ngozi Adichie é um dos maiores nomes da literatura contemporânea. Nascida na Nigéria, sua obra já foi traduzida para mais de 30 idiomas. Suas palestras no “TED” já atingiram mais de 1 milhão de visualizações. Seu livro “Americanah” reúne tudo o que há de melhor em seus textos: crítica social, histórias de amor, conflitos intergeracionais e muita delicadeza ao falar sobre o ser humano. A obra venceu o National Book Critics Circle Award em 2013 e foi eleito um dos melhores livros do ano pela New York Times Book Review, além de ter seus direitos comprados para o cinema por Lupita Nyong’o, atriz vencedora do Oscar.

PARA LER UM DIÁRIO INCOMUM SOBRE UM MOMENTO HISTÓRICO BRASILEIRO: HELENA MORLEY

Minha Vida de Menina” foi escrito por Helena Morley, pseudônimo de Alice Dayrell Caldeira Brant e publicado em 1942. Nascida em 1880 em Diamantina, Minas Gerais, a autora viu escritores como Carlos Drummond de Andrade e João Guimarães Rosa aclamarem sua obra, que foi traduzida para outros idiomas e reconhecida internacionalmente. Escrito como um diário, o livro é original ao expor questões da sociedade do final do século XIX pelos olhos de uma adolescente entre seus 13 e 15 anos. Aborda questões como a desigualdade social e a estagnação econômica em um Brasil pós-abolição, recém proclamado República, em uma época onde a literatura era dominada pela linguagem erudita do Parnasianismo. A tendência de relatos íntimos, confessionais e cotidianos é antecipada nessa obra que aborda um momento histórico tão singular do país.

 

 

MANIFESTO 60+

A VIDA NÃO TEM HORA, PURA VERDADE,
TEM SÓ VONTADE DE ACONTECER,
SESSENTA MAIS, CELEBRE A IDADE
E A VONTADE DENTRO DE VOCÊ.

QUEM ACREDITA NA LONGEVIDADE,
NÃO VÊ NA VIDA LIMITAÇÃO,
VIVE A TAL DA FELICIDADE
E A CAPACIDADE DE REINVENÇÃO

NÃO SE TRATA DA DATA DE NASCIMENTO,
E NEM DAS MARCAS NA SUA MÃO.
O QUE IMPORTA AQUI É O SEU PENSAMENTO.

É SOBRE VOAR COM PÉS NO CHÃO,
SEM LIGAR PARA OS CAPRICHOS DO TEMPO.
É SOBRE SER LEVE, SER INSPIRAÇÃO.

VIVER BEM NÃO SE TRATA DA IDADE QUE TEMOS, MAS DO QUANTO SOMOS APAIXONADOS PELA VIDA.

Foi com esse pensamento que criamos o 60+, um portal que celebra a vida e traz curiosidades, dicas e novas possibilidades para ajudar você a se reinventar para viver a longevidade em toda a sua plenitude. Um novo olhar para mostrar que nossos limites, muitas vezes, não são impostos pela idade, mas pelos nossos próprios pensamentos. Queremos que este portal seja um cantinho aconchegante para se inspirar, compartilhar ideias e ficar por dentro de todas as incríveis possibilidades que a vida pode oferecer nesse momento.

POR QUE EXISTIMOS.

Nossa missão é apresentar aos 60+ um novo olhar sobre a vida, por meio de curiosidades, dicas de eventos, viagens, saúde e outras informações. Queremos incentivar você a se reinventar por meio de novas experiências para desfrutar uma longevidade feliz, explorando muito mais as possibilidades que os limites.

ONDE QUEREMOS CHEGAR?

Queremos ser a principal referência de conteúdo para os 60+, nos tornando responsáveis por uma mudança de comportamento positiva, que traga muito mais qualidade para a sua longevidade.

QUAIS SÃO OS NOSSOS VALORES?

Respeito, amor, compreensão, colaboração, honestidade. Acreditamos que valores não têm idade. Em tudo que fazemos, procuramos seguir a seguinte filosofia: nos tornamos aquilo que acreditamos, somos frutos de nossas ações e é a vontade de viver que temos em nossos corações que realmente importa.

POLÍTICA DE PRIVACIDADE | © 2020 – 60MAIS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.