Como o minimalismo pode ajudar você a ter uma vida mais leve e com mais significado

22 de dezembro de 2018

O minimalismo é mais que um estilo de vida: é uma ferramenta para identificar e remover os excessos e o que é supérfluo em busca do que é verdadeiramente essencial. Na prática, significa ter só o que é necessário e evitar desperdícios. Comprar com consciência e valorizar o que você possui, assim como as pessoas ao seu redor, também faz parte do estilo minimalista de ser.

Apesar da profusão de vídeos e artigos na internet, não existem regras claras de como tornar-se um minimalista, pois cabe a cada pessoa encontrar seu caminho na jornada. Cabe a cada um avaliar o que é importante e possui significado na sua vida. Não é preciso desfazer-se de um monte de roupas, objetos e coleções se você não quiser. A ideia principal é olhar com consciência para o que está ocupando mais espaço do que deveria, seja ele físico ou mental, e assim reavaliar seus valores e prioridades.

COMO COMEÇAR

Joshua Fields Millburn e Ryan Nicodemus são “Os Minimalistas”, dois amigos que criaram um site e projeto para difundir o que aprenderam com o minimalismo em suas vidas. A empreitada, iniciada em 2010, já atingiu mais de 20 milhões de pessoas pelo mundo através de livros, site, podcast e documentário – disponível na Netflix e chamado “Minimalism: A Documentary About the Important Things”.

Para adotar uma vida mais minimalista, um dos primeiros passos geralmente é livrar-se de objetos e do acúmulo. A maioria das pessoas começa por uma faxina geral no quarto, na casa e em outros ambientes para, a partir da limpeza material, reavaliar seu estado emocional.

Doar ou vender o que você decidir tirar da sua casa também ajuda a dar novos usos e nova vida àquilo que já não usava mais e que outras pessoas podem aproveitar melhor.

Nesse processo, você pode se surpreender com as emoções que essa jornada provoca. É comum perceber, por exemplo, coleções, roupas, livros e outros objetos que não são utilizados e estão guardados por puro apego. Ao remover da visão e da vida aquilo que não tem mais o mesmo valor e utilidade, você abre espaço para o que realmente importa.

Os Minimalistas possuem algumas sugestões de como fazer essa limpeza e uma delas é o “Desafio dos 30 dias” onde, durante um mês, coloca-se como meta doar uma coisa no primeiro dia, duas no segundo dia e assim por diante. Quem sabe não é uma maneira bacana para inspirar você e sua família a fazer aquela faxina de final de ano e renovar as energias?

COMO ISSO PODE AJUDAR NA SAÚDE?

O minimalismo tem como base a busca por uma vida mais rica com menos coisas, como o TED dos Minimalistas diz (Clique aqui para ver o vídeo).

Quando você tira da sua vida o que não é importante, sobra espaço físico e emocional para focar no que realmente faz diferença. Saúde e bem-estar devem ser prioridade, assim como o autocuidado. Apenas quem cuida de si pode cuidar dos outros.

Esse pode ser um caminho de grande autoconhecimento. Não precisa ser da noite para o dia, basta ter o desejo de levar uma vida com mais consciência. Isso tem um grande impacto na saúde mental também, afinal abre espaço para mais conhecimento, mais tempo e menos estresse e preocupações. Quando vivemos no futuro, deixamos de aproveitar o momento presente e, por mais simples que possa parecer, focar no que estamos fazendo enquanto estamos fazendo pode ser bastante complexo em uma sociedade que supervaloriza o futuro, os sonhos e as aspirações.

Diminuir o desperdício e os gastos tem um impacto automático nas preocupações do cotidiano. Viver com mais do que você precisa pode distorcer suas prioridades e impedir que seu foco esteja no que realmente importa: na sua saúde e na sua felicidade. Que tal adotar um pouco do minimalismo na sua vida e avaliar os impactos que essa decisão pode ter?

MANIFESTO 60+

A VIDA NÃO TEM HORA, PURA VERDADE,
TEM SÓ VONTADE DE ACONTECER,
SESSENTA MAIS, CELEBRE A IDADE
E A VONTADE DENTRO DE VOCÊ.

QUEM ACREDITA NA LONGEVIDADE,
NÃO VÊ NA VIDA LIMITAÇÃO,
VIVE A TAL DA FELICIDADE
E A CAPACIDADE DE REINVENÇÃO

NÃO SE TRATA DA DATA DE NASCIMENTO,
E NEM DAS MARCAS NA SUA MÃO.
O QUE IMPORTA AQUI É O SEU PENSAMENTO.

É SOBRE VOAR COM PÉS NO CHÃO,
SEM LIGAR PARA OS CAPRICHOS DO TEMPO.
É SOBRE SER LEVE, SER INSPIRAÇÃO.

VIVER BEM NÃO SE TRATA DA IDADE QUE TEMOS, MAS DO QUANTO SOMOS APAIXONADOS PELA VIDA.

Foi com esse pensamento que criamos o 60+, um portal que celebra a vida e traz curiosidades, dicas e novas possibilidades para ajudar você a se reinventar para viver a longevidade em toda a sua plenitude. Um novo olhar para mostrar que nossos limites, muitas vezes, não são impostos pela idade, mas pelos nossos próprios pensamentos. Queremos que este portal seja um cantinho aconchegante para se inspirar, compartilhar ideias e ficar por dentro de todas as incríveis possibilidades que a vida pode oferecer nesse momento.

POR QUE EXISTIMOS.

Nossa missão é apresentar aos 60+ um novo olhar sobre a vida, por meio de curiosidades, dicas de eventos, viagens, saúde e outras informações. Queremos incentivar você a se reinventar por meio de novas experiências para desfrutar uma longevidade feliz, explorando muito mais as possibilidades que os limites.

ONDE QUEREMOS CHEGAR?

Queremos ser a principal referência de conteúdo para os 60+, nos tornando responsáveis por uma mudança de comportamento positiva, que traga muito mais qualidade para a sua longevidade.

QUAIS SÃO OS NOSSOS VALORES?

Respeito, amor, compreensão, colaboração, honestidade. Acreditamos que valores não têm idade. Em tudo que fazemos, procuramos seguir a seguinte filosofia: nos tornamos aquilo que acreditamos, somos frutos de nossas ações e é a vontade de viver que temos em nossos corações que realmente importa.

POLÍTICA DE PRIVACIDADE | © 2020 – 60MAIS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.